segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ladainhas de final de ano....

Sinceramente, esse final de ano me mata!!! É claro que eu, como qualquer pessoa, adoro Natal e Ano Novo, comer e beber até não aguentar mais. Porque essa história de ganhar presente ficou naquele passado remoto das vacas gordas, hehehehehe.
Mas o que me MATA nessa época do ano são as aquelas ladainhas, sim, as mesmas de sempre. É gente que ficamos o ano todo sem ver, e que no final do ano a gente tem que amar em 2, 3 dias. São cumprimentos infinitos para pessoas que não conhecemos, abraços sufocantes e choros que a gente não sabe o porque, e nem de onde surge. E no final de tudo isso, acabamos ficando perdidos. Não podemos ter a reação que desejamos. Não, isso é proibido, nas festas de final de ano temos de estar sempre alegres, otimistas, felizes com tudo, com aquele sorriso amarelo de orelha a orelha.
Fora que essas mesmas pessoas que você não conhecem vem te desejar um Feliz Natal, um Próspero Ano Novo, saúde, paz, amor, sucesso, harmonia, etc, etc, etc. Por que elas não desejam isso pra gente o ano inteiro??? Eu não quero felicidade e sucesso um, ou dois dias apenas no ano. Eu quero isso todos os dias. Quero acordar com paz no coração, sem dores, angústias e sofrimento durante todas as estações. Quero isso pra vida toda. Quero continuar a acreditar com a inocência de uma criança, que espera o Papai Noel lhe trazer presentes naquele dia, que as pessoas são boas, que um mundo melhor pode ser construído, que existe solidariedade, que existe boa vontade e bondade sem a espera de uma recompensa. E quero, acima de tudo, que terminem essas falsidades de final de ano. Quero sinceridade, não fantasia.

Camila Yano

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

E quando a gente se cansa?

Esses dias venho me pegando com essa pergunta na minha cabeça.... E quando a gente se cansa, o que a gente faz? Será que a gente deixa quieto, de lado... como se estivesse alí, reservado pra hora que precisasse... Ou será que a gente troca?? Muda.... muda tudo. Muda o jeito de ser, de ver, e de fazer as coisas, muda algo, muda a vida.
Mas, por que a gente se cansa?
Talvez seja pela rotina, pela falta de ânimo, pela falta de sentido. Sim, um dia as coisas perdem o seu sentido. Perdem sua razão. Viram a mesma coisa que... nada. É nada.... vira isso, simplesmente nada.
E esse nada, será que vai fazer falta um dia? Alguma hora, algum segundo? Será que vale a pena manter esse.. nada?
Ou será que tudo isso se transformou realmente em... nada?? E se não virou nada?? E se ainda é tudo?? Como saber??
Será o tempo o senhor de todas as coisas e de todas as razões que realmente irá nos responder a essas questões??
Sinceramente, não sei...


Camila Yano

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Hipocrisia...

Primeiro, vou contar uma historinha para vocês, meus caros leitores. Em seguida explico o título do texto. Mas, antes de tudo, quero deixar muito bem claro que o assunto é de certa forma polêmico, que eu não tenho absolutamente NADA com isso, e que só vou escrever aqui hoje, para vocês, devido ao grande número de pedidos de um comentário de minha parte sobre o assunto. Também devo lembrá-los que a vida da pessoa em questão não me diz respeito, e que não tenho nenhum problema contra ela, e para preservar a dignidade de sua família, não citarei nomes. Apenas irei comentar a situação. Também devo lembrá-los que ouvi muitos lados da situação, antes de chegar a uma conclusão final.
Já que tudo foi muito bem esclarecido, agora vou contar para vocês o que aconteceu.
Durante este final de semana, ocorreu na minha cidade um caso que não é isolado, e que com certeza todos já vimos muito por aí. A diferença é que moro em uma cidade muito pequena, e que aqui todo mundo se conhece, então digamos que foi um pouco mais "cruel" o que se passou. Uma menina tirou algumas fotos um tanto quanto "exóticas", digamos assim, com o seu namorado, e depois de terminarem o relacionamento, ele jogou as fotos na internet para todo mundo ver. E realmente foi o que aconteceu, todo mundo viu. Uma vergonha não só para ela, mas principalmente para a família.
Tiveram pessoas que falaram que ela só tirou as fotos porque amava ele, outras porque ela era safada, outras porque era muito nova, entre tantos outros comentários. Agora, eu faço o meu. Todos vocês, são um bando de hipócritas, que ficam querendo falar sobre a vida alheia sem tomar conta do próprio nariz. Eu mesma ví as fotos, e aquilo lá, para mim, era pura safadeza. Não era amor e nem inocência, pois a menina já é bem crescidinha, e tinha consciência TOTAL de seus fatos, e isso pode ser visto nas imagens. Amor?? Fala sério, o modo como foram tiradas as fotos, mostra pura "pervice", para assim dizer. Claro, o que ela estava fazendo durante as fotos, é uma coisa que qualquer um pode fazer, não julgo isso. Mas, precisava registrar?? Seriam necessárias aquelas caras, bocas e poses todas?? E ainda vem fala que isso é AMOR e INOCÊNCIA???
Todo mundo já tá cansado de saber que a internet é uma REDE... e como diz a música, caiu na REDE, É PEIXE, colega!!! Tudo sempre acaba indo pra algum lugar. E sempre tem alguém que vê. Não adianta tentar fazer nada escondido. Sempre alguma pessoa sabe. SEMPRE!!!
E, para provar que não é um caso isolado, acabei de receber por e-mail mais uma pastinha com fotos de uma menina (o mesmo tipo de fotos!!) da cidade onde estudo. Será que ela também ama e é inocente?? Ou será hipocrisia social as pessoas pensarem isso??
Finalizando, só acho que cada um é completamente responsável por suas atitudes, e tem sim que pagar por aquilo que faz. De uma maneira, ou de outra. Cada um tem aquilo que merece, e que fez por merecer.
E eu acho tudo é muito POUCO!!!!


Camila Yano

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Ser jornalista...

Bom gente, peço desculpas novamente pela minha ausência, mas falando o português bem claro TÁ FODA esses tempos. Espero que desafobe um pouco a partir da semana que vem. O que importa é que eu consegui pedir as contas, e não estou sendo mais uma mera escrava novamente, auhauhauhuahuahua. Vou ter mais tempo para postar a partir de agora.
Hoje, não vou comentar sobre nenhum assunto polêmico, ou que está "bombando" na mídia, pois ainda tenho mto oq fazer até amanhã de manhã. Mas vou deixar aqui um texto, que fala sobra a profissão jornalista. Acho que resume um pouco de tudo sobre aquilo que a gente vive, e aquilo o que a gente sente. Recebi esse texto há uns tempos atrás por e-mail de um professor, e acho que vale a pena dar uma lida. Créditos no final.

Camila Yano

"Ser jornalista é ir além da profissão…

Jornalista não fala – informa
Não passeia – viaja a trabalho;
Não conversa – entrevista;
Não faz lanche – almoça em horário incomum;
Não é chato – é crítico;
Não tem olheiras – tem marcas de guerra;
Não se confunde – perde a pauta;
Não esquece de assinar – é anônimo;
Não se acha – ele já é reconhecido;
Não influencia – forma opinião;
Não conta história – reconstrói;
Não omite fatos – edita-os;
Não pensa em trabalho – vive o trabalho;
Não vai à festas – faz cobertura;
Não acha – tem opinião;
Não fofoca – transmite informações inúteis;
Não pára – pausa;
Não mente – equivoca-se;
Não chora – se emociona;
Não some – trabalha em off;
Não lê – busca informação;
Não traz novidade – dá furo de reportagem;
Não tem problema – tem situação;
Não tem muitos amigos – tem muitos contatos;
Não briga – debate;
Não usa carro – mas sim veículo;
Não é esquecido – é eternizado pela crítica;
Jornalista não morre – coloca um ponto final!" (Tati Molini)

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Amar não dói...

Na verdade, este não era o real tema dessa postagem. Tive de mudar meu pensamento na última hora, pois algumas pessoas vieram me perguntar o que significava o banner aqui na página do meu blog.
Como diz a frase que eu coloquei em cima... um pouco de amor não dói. Não mata. E também não esfola. E antes que tirem conclusões precipitadas... Não, a Pedigree não me pagou nada para colocar o banner alí e fazer propaganda. E eu também não compro pedigree para as minhas cachorras (são duas, uma vira-lata e uma yorkshire). O que me interessa não é o produto que tá alí. Mas sim o trabalho que eles estão realizando para auxiliar os cães abandonados. Sim, porque mais triste do que ver um mendingo na rua, é ver um pobre cachorro tendo de andar no meio do trânsito de uma cidade, com fome e sede.
É, eu tenho mais dó de bichso do que das pessoas. E isso se deve ao fato de que as pessoas tem como se defender, se elas quiserem é só batalhar que conseguem algo na vida. Os animais não. Eles são extremamente dependentes, e inocentes. Nenhum bichinho deveria ficar abandonado na rua, correndo perigos e passando necessidades. Isso é mais triste de ver do que qualquer outra coisa, e me dói fundo no coração.
A campanha realizada sobre a qual estou falando tem como tema "Adotar é tudo de bom". E não é só a mensagem que eles passam que é importante, mas o trabalho, de que a cada tanto de ração vendida, eles auxiliação na doação de um cão, e a cada vez que o vídeo é assistido no youtube, um prato de ração é doado a um cachorrinho.
Vocês não concordam que isso é uma pauta importante a ser tratada?? Quem é o único que quando você chega em casa, te recebe sorrindo e com alegria, faça o tempo que fizer?? Quem é o único que mesmo depois de você dar-lhe uma puta bronca, ainda vem te agradar?? Quem é aquele que te salva quando algum perigo ronda a sua casa e a sua família?? Quem é que te faz sorrir e ver que a vida vale a pena todos os dias??
É o teu bicho de estimação. Neste caso, se falam dos cachorros, mas pode ser ele um gato, um passarinho, um peixe ou até uma tartaruga. O que importa é que eles são realmente os melhores amigos do homem. E importa que eles trazem amor, paz, harmonia e felicidade para o nosso coração. Não maltrate os bichos, eles não tem condições de dar o troco que você merece.
Eu apoio esta causa, de todo o meu coração.

Camila Yano

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

De saco cheio!!!

É isso mesmo o que diz o título... tô de saco cheio... saco cheio da mídia que ainda fala do MJ, ou da gripe suína (maldita Influenza A!!! malditos palmeirenses!! é td culpa deles!!!), ou do Tricerátopis de Bigode do Senado (vulgo José Sarney).
Tá na hora de aparecerem algumas notícias um pouco diferentes, não acham??
A última do momento é o acidente no Hudson, onde um helicóptero se chocou com um avião de pequeno porte... Praticamente do msmo tamanho de um chiuahua.
Sem contar que tem mto jornalista por aí que acha que divulgar notícia de algum acontecimento do Twitter é reportagem... como diria Rosana Hermman, é ReTwittagem fora do Twitter.
Que também me desculpem os blogueiros de plantão, mas blogueiro, "colega", não é jornalista. E não adianta dizer que usa ética, pq ética não se descobre como se usa na internet. Se estuda, e se vive para aprender a fazer com ética. E muito!! Blogueiro é blogueiro, e jornalista é jornalista. Todo jornalista pode ser blogueiro, mas todo blogueiro não pode ser jornalista. Se querem ser jornalistas, estudem, ou continuarão repetindo notícias que já saíram, como as que eu citei logo acima.
Queremos coisa nova!!! Queremos furo de reportagem!!!
Tá na hora de sacudir a poeira, tirar o pé do chão, e começar a correr atrás de notícia e trabalhar galerinha!!
;D
Por mais, é só.


Camila Yano

quarta-feira, 8 de julho de 2009

MJ não morreu....

... e o Elvis tbm não. Nossa, eu não aguento mais a mídia falando sobre a morte de Michael Jackson. Há pouco tempo atrás, o cara só aparecia qdo surgia uma nova "suposição" de pedofilia. O cara comica criancinha, é verdade. Agora é enaltecido. Só por Deus... Tem até fã criando sites falando que ele não morreu, que ele vai voltar, que o kra tava até tirando férias no México, rs.
Tá, tudo bem, ele foi o rei do pop, ele revolucionou mta coisa na música. O kra era bom no que ele fazia. Mas isso não tornou ele santo. O problema começou qdo ele quis ficar branco. Me digam, da onde uma pessoa tira essa idéia???
Sinceramente, o povo não precisa exagerar em idolar MJ. Durante o funeral, estavam todos na expectativa de que ele levantasse do caixão e começasse a cantar "Thriller"... ¬¬'
É meus caros, ele não começou a turnê dele alí não... rs
Sem querer ser sarcástica, mas eu só falei isso pq mtas pessoas comentaram sobre esse desejo durante a transmissão do "show" na TV. É, e foi isso msmo que aconteceu, um show.
Agora, sobre a morte dele em questão... Mtas teorias foram criadas, mtas dúvidas surgiram, e até agora nenhuma resposta. Os legistas que cuidam do caso querem minha opinião?? Pra mim, ele se matou com overdose de drogas para voltar a mídia. "É isso", como dira o professor Pasquale. Stay in Peace Michael.

Camila Yano

sábado, 27 de junho de 2009

Nova temporada de Lost chega ao fim...

É, parecia nesses últimos tempos que estávamos revivendo mais uma temporada do Lost. O acontecimento da queda do voo A447 da Air France no meio do Pacífico virou praticamente uma novela. No começo, desde sua quea em 31 de Março deste ano, ninguém sabia o que tinha acontecido com o avião, se ele tinha afundado, se desintegrado, caído numa ilha deserta, ou até sido abuzido por alienígenas. Só se falava nisso... Chegou num ponto que ninguém mais aguentava o assunto. Até que começaram a achar os corpos. Ae surgem famílias revoltadas com a demora da liberação... porra, primeiro enche o saco pra investigar, depois num querem mais?? Que saco!!! Deixa os caras fazerem o trabalho deles, é uma coisa que tem que ser analisada minuciosamente, porque trabalho mal-feito não presta.
Logo após, são os destroços do avião, bagagens, e mais corpos. Parece uma busca incessante. E nada da caixa preta. Ontem, a Marinha e a Aeronáutica Brasileira decidiram acabar com as buscas. Mas a Marinha Francesa continua buscando a caixa preta. De 228 pessoas, apenas 51 corpos foram encontrados. E eles resolveram acabar a novela assim, sem fim. Igualzinho aos capítulos de Lost, que a gente nunca sabe depois que acaba quando vai começar de novo, e o que vai acontecer na próxima temporada...


Camila Yano

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Certezas.... e incertezas

Tô com preguiça de escrever esses dias, tô tendo que estudar mto e fazer provas. Vou deixar aqui um texto do Mário Quintana, que fala por mim hoje...

"Certezas

Não quero alguém que morra de amor por mim...Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim...Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível...E que esse momento será inesquecível...Só quero que meu sentimento seja valorizado.Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre...E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento...e não brinque com ele.E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe...Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas...Que a esperança nunca me pareça um NÃO que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como SIM.Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão...Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim... e que valeu a pena." (Mário Quintana)


Camila Yano

quinta-feira, 18 de junho de 2009

RTA 2009 - exemplo de desorganização...

Pois é galera, qm viu minhas matérias anteriores nunca ia pensar isso né??? Pois é, eu tinha q dar uma amenizada, tava trabalhando pro negócio... rs
Maaaaaaas, chegou a hora d falar a verdade meus queridos!! O Rodeio Técnico de Adamantina deste ano foi um exemplo do que não se fazer na organização de uma festa dessas.
Eu prometi que iria fazer meus comentários... pois aqui estão eles. Começando com a venda de ingressos... se vc vende permanente antecipado, vc num pode vender bilheteria junto né?? Que falta de noção!! A galera qr ganhar dinheiro e nem sabe como... Segundo... show do Victor & Léo, sábado... baixou até a Tropa de Choque da PM na entrada. E sabem pq??? Venderam mais ingressos doq cabia de gente lá dentro...
Todos os dias, nós, que estávamos fazendo a ASSESSORIA DE IMPRENSA DO RODEIO, éramos barrados em tds os lugares, a gente só conseguia entrar de graça no recinto (pelo menos isso!!). Não tínhamos acesso aos bretes, aos camarotes e nem ao palco. Mero detalhe que tínhamos que faze matéria sobre tds esses lugares. E fizemos. Só não tivemos sucesso com questão ao palco, pois quando íamos entrar para entrevistar a dupla sertaneja Édson & Hudson, fomos barradas pela ASSESSORA do rodeio. Mero detalhe que era ela qm coordenava a gente. E ao invés de assessorar o nosso trabalho, só atrapalhou. E sabem o que aconteceu?? Ela tá fora da assessoria agora. Acho mto bem feito.
Aaah, e é claro, não posso esquecer de citar as vaias mto mais doq merecidas ao nosso querido dono do RTA, Édson Matsuda, que também só atrapalho nosso serviço. Ele começava a comentar as provas do rodeio de domingo, e o povo começava a vaiar. Até a dupla que ia cantar reclamou da demora. Achei mto poko pra ele.
A parte boa de tudo isso??? Experiência meus caros!!! Aprendi sobre coisas que eu nunca tinha visto na minha vida. Descobri uma realidade totalmente diferente da que eu tenho. Tirando os empecilhos, foi simplesmente maravilhoso!!! Até brete eu pulei, uahuahuahuahuahuhuahua... Conheci pessoas que me passaram lições que vou carregar por toda a minha vida. Aqui vai meu agradecimento a elas. =D
E por hj é só...


Camila Yano

terça-feira, 16 de junho de 2009

O tempo passa, o tempo voa...

... e a poupança Bamerindus já nem existe mais. É isso ae galera, pra mim o tempo tá literalmente batendo as asas, rs. Não pelo fato de estar completando mais um aninho de vida hoje, (é, hj é meu aniversário... tô completando 2.1 total flex) mas sim por ver que eu já nem sei mais o q fazer. Chegou num ponto q eu tô literalmente "entregue às mãos de Deus". Acabou o ano já, acabou a faculdade já. E nessas horas, surge aquela terrível dúvida... Pqp, q q eu vou fazer AGORA??? Bate aquele desespero, criamos N planos para o nosso futuro. Mas e se nenhum deles dar certo???
É foda José, ter q pensar q agora a gente já viro gente gde de verdade. Agora o chicote estrala, pretinho. Esses planos que criamos, nada mais do que são, simples planos. Alguns criam planos com outra pessoa para se completar, outros criam planos sozinhos, pensando no futuro profissional. Qual decisão tomar?? Qual caminho seguir???
Essa são só algumas das dúvidas que surgem nessas horas. Passamos uma vida toda planejando o que vamos ser quando crescer. Eu fiz minha escolha aos 14 anos, e ninguém nunca mais conseguiu tirar isso da minha cabeça. Eu queria ser jornalista. Eu vou ser jornalista. Eu sou jornalista. São passos que seguimos devagar, mas que de repente dão uma reviravolta completa na vida. De repente, surgem pessoas inesperadas no nosso caminho, e simplesmente ficamos perdidos. Esperar pela vontade de outro, ou continuar seguindo aquela velha trilha???? Essa é a hora em que devemos provar os nossos objetivos. Como diria aquele recadinho que por algum acaso surgiu hj no meu orkut... "Sorte de hoje: Faça o que é certo e não tema ninguém".
É isso ae
=D
Parabéns pra mim... rs


Camila Yano

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Como funciona um rodeio

Outra matéria pra vcs... ñ esqueci q dpois vou contar td em detalhes, com comentários e críticas (por sinal mtas!) oks??

euuehuehuehuhehueue



A organização de um rodeio


O Rodeio Técnico de Adamantina (RTA) funciona basicamente como qualquer outra festa desse tipo. Para organizar um rodeio, são necessários touros, também conhecidos por boiada, peões, salva-vidas, locutores, auxiliares de pista, policiais, médicos, enfermeiras, paramédicos, veterinários, entre outros.
O RTA é conhecido e elogiado pelos peões por ser um rodeio rápido. “Hoje em dia, não se judia mais dos animais como antigamente. Todo rodeio sempre tem um veterinário que acompanha”, informou o peão Evaldo Queiroz.
De acordo com o peão Alex Fernando Dias, que já monta há cinco anos, as esporas agora não machucam mais os animais. “Usamos esporas padronizadas, todas tem que ser lisas”.
O fazendeiro Ricardo Dias, conhecido como Bentinho, afirmou que toda a sua boiada, considerada uma das melhores do país, tem tratamento especial. “Esses animais são atletas, e tem alimentação própria preparada. Como as viagens cansam muito eles, também coloco anti-stress na ração, além do milho e do pasto”.
Como um rodeio não funciona só com os touros, o auxiliar de pista Everton da Silva, conhecido por “Quilo”, relata a sua função dentro do rodeio. “Eu tenho que pegar o nome os peões, e passar toda a informação para os locutores. Já trabalho com isso há cinco anos, e comecei de repente, pois não gostava de rodeio. Quando me mudei para Birigui, fui morar numa fazenda, e peguei gosto. Hoje faço parte da equipe Júlio César, e vamos para qualquer cidade do Brasil”.
Os famosos locutores interagem com o público com versos prontos. “Decoro os versos, mas nada é planejado. Temos que ser rápido e criativo, como se estivéssemos simulando uma transmissão ao vivo”, informou o locutor Júlio César que já tem 15 anos de carreira.
Fazendo a segurança do local, a polícia militar deu apoio ao RTA com um número de 60 a 65 policiais por noite, que eram responsáveis pela segurança dentro e fora do recinto. “Não houve nenhuma ocorrência dentro do recinto, apenas uma discussão do lado de fora”, relatou Tenente Júlio, responsável pela PM.
Além da Polícia Militar, o RTA contou com a ajuda do Corpo de Bombeiros, e seguranças da Brigadista. “As únicas ocorrências foram relacionadas ao abuso de bebida alcoólica, porém esses foram encaminhados para a ambulância, onde receberam os primeiros-socorros, e foram direto para o hospital”, enfatizou a socorrista do evento Claudete Costa.



Camila Yano

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Cowboy de Rodeio....

Essa é mais uma matéria que eu escrevi durante o rodeio, espero que vcs gostem....

O dia-a-dia de um peão

A vida de montador de touros não é fácil. A maioria os peões treina várias vezes por semana, para participar de grandes competições. Durante o Rodeio Técnico de Adamantina (RTA), o peão Evaldo Queiroz, de 26 anos, que está montando pela primeira vez no RTA a convite de Edson Matsuda, relatou um pouco da sua rotina. Morador da cidade de Aparecida Do Taboado, no Mato Grosso, Evaldo diz que sempre gostou de rodeio, e resolveu seguir uma das tradições da sua cidade. “Apesar de na minha cidade a tradição mesmo ser montaria a cavalo, eu preferi a montaria em touros. Comecei a montaria os 13 pros 14 anos de idade”.
Evaldo faz parte da Cia. Rodeio Bonança, e já montou em rodeios grandes, como Jaguariúna e Barretos, além de já ter ganhado prêmios como três carros, e sete motos. “Um dia ainda quero montar nos EUA, mas até lá, tenho que estar muito bem preparado”. Antes de cada rodeio, Evaldo conta que há toda uma preparação necessária. “Treino aproximadamente umas duas vezes por semana, sendo que em cada treino, monto de três a cinco touros. Uso equipamento de segurança dependendo o boi, porque não é obrigatório. E ainda trabalho com vendas, além de ser peão”. Durante os campeonatos, Evaldo afirma que a preparação é diferente. “Durmo até umas 11 horas, e acordo pra almoçar ao meio-dia. Venho para os sorteios das montarias umas três horas da tarde, e depois saímos para conhecer a cidade, dar uma relaxada, e nos prepararmos para a noite. Também buscamos antes informações sobre os bois que vamos montar. Antes das montarias, fazemos aquecimento para não dar uma distensão muscular. E tomamos algumas vitaminas. Em seguida, cada peão tem o seu momento de concentração. Eu oro muito antes de montar”. Evaldo relata a sensação de montar em cima de um touro. “É muita adrenalina, e sempre dá um frio na barriga. Quando a gente ta lá em cima, só pensa em vencer, só quer vencer. Mas no final, dinheiro não é tudo, o importante é chegar em casa com saúde”.
O peão elogiou o rodeio de Adamantina. “Ouvi ótimos comentários sobre o RTA, por este ser um rodeio muito rápido, e por isso vim montar aqui”. Evaldo conta que irá fazer parte do Circuito Crystal de Rodeio, e além de montar em touros, passará também a montar em cavalos. Ele teve uma média de 85,50 pontos durante todo o rodeio, e ficou com o quarto lugar do rodeio.


Camila Yano

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Correndo riscos pelo amor à profissão

Antes de mais nada, gostaria de explicar que essas matérias que eu estarei postando nesta semana, são sobre o Rodeio Técnico de Adamantina (RTA) de 2009. O objetivo disso tudo nada mais é que a minha turma está fazendo a Assessoria de Imprensa do rodeio neste ano. E como eu já tenho que escrever de ql jeito, vou publicar tds elas aqui... rs

Depois faço meu comentário sobre como foi trabalhar lá, oks??

;D



Histórias de heróis do Rodeio

Dentro de um rodeio, existem diversas pessoas que correm risco de vida, por amor e paixão à profissão. Estes são os peões, salva-vidas, auxiliares de pista e até mesmo os locutores. No Rodeio Técnico de Adamantina (RTA), que este ano tem como circuito o Bull Terrier, um dos melhores do país, não é diferente.
“Já tive oito costelas fraturadas, os ombros e os joelhos quebrados”, relatou o salva-vidas Deusicler Rodrigues que é da cidade de Pirapozinho, conhecido como “Meio Quilo”, e que estava com o dedo da mão quebrado. Meio Quilo e seu irmão são os dois primeiros salva-vidas brasileiros, e começaram a profissão nas antigas touradas. “Já temos 28 anos de profissão, e hoje tenho 47 de vida. Nos anos 80, uma companhia de rodeio dos EUA levou uma apresentação para Sebastião Procópio. Nós já trabalhávamos como palhaços nas touradas, e os americanos disseram que a gente tinha jeito para ser salva-vidas. Gostamos a idéia, e estamos aí até hoje. Meu irmão, além de salva-vidas, também já é juiz de rodeio hoje em dia”. Meio quilo falou sobre a importância do salva-vidas dentro de um rodeio. “Nós temos que desviar a atenção do touro para a gente quando o peão cai, para que ele não sofra nenhum acidente. Antigamente, os salva-vidas eram chamados de palhaços de rodeio porque pintávamos as caras, e ficávamos fazendo graça, mas o rodeio é muito sério, hoje já não podemos mais ser tratados como palhaços, mas sim como salva-vidas”.
“Meu pior acidente, foi quando abri o peito”, afirmou o peão Evaldo Queiroz. “Mas 30 dias depois, eu já estava montando de novo. Já pensei em desistir, pois passamos por fases de altos e baixos, mas quando eu falava isso para mim mesmo, meus olhos enchiam d‘água, e eu continuava montando. É muita paixão”.
“Por ficarmos muito próximos dos touros, também corremos riscos de sofrer algum acidente”, relatou o auxiliar de pista Everton da Silva, conhecido por “Quilo”. Quilo relata que apesar de todos os riscos, ainda pretende continuar trabalhando nos rodeios. “Também trabalho como salva-vidas”, disse.
O peão Igor da Costa, um dos favoritos do RTA 2009, falou sobre os acidentes que já sofreu durante as montarias: “Já fraturei a vértebra, que foi o pior acidente até hoje, mas também já quebrei o nariz, várias costelas, e rompi os ligamentos dos joelhos. Mas eu sempre volto a montar, não tenho medo”.
Júlio César, o locutor do RTA, que também já trabalhou como salva-vidas de rodeio, relatou o pior acidente que já viu nas arenas. “Uma vez, eu estava narrando um rodeio em 1991, e um peão caiu do touro. Quando ele caiu, ele saiu correndo e não conseguiu pular os bretes, pois já estava muito cansado. O peão tentou passar pelo meio dos ferros, e ficou encalhado. O touro chegou por trás e pegou ele, quebrando a espinha do homem. Ele morreu naquele mesmo momento”.
Para evitar esse tipo de acontecimento, o RTA possui três enfermeiras, vários paramédicos, ambulâncias e um médico ortopedista responsável, Alexandre Clinaldo, que já trabalha no rodeio de Adamantina há vários anos, e também já esteve presente no rodeio e Mariápolis. “Quando acontece algum tipo de acidente, seguimos o protocolo mundial, que é e liberar as vias aéreas do acidentado. As fraturas mais freqüentes que vemos nesses locais são a de membros superiores e inferiores, e também a de crânio. O pior acidente que eu já vi nas arenas até hoje foi um afundamento de crânio. E por sinal, o peão já voltou à ativa, e vai montar aqui hoje”.
A enfermeira Maria José, que está trabalhando no rodeio pela primeira vez, também contou sobre um acidente que havia acontecido anteriormente. “Um menino caiu de um boi, e levou uma pancada de raspão. Meu trabalho é de observar o paciente, e dar os primeiros cuidados, enquanto o motorista da ambulância segue para o hospital. Aqui em baixo (nos bretes) somos em duas enfermeiras, e também tem mais uma lá em cima”.
Além disso, o RTA também conta com o auxílio do Corpo de Bombeiros, e da Polícia Militar para trazer maior segurança aos participantes e ao público. Ainda assim, os riscos são inevitáveis. Durante a noite de quinta-feira, um peão de 18 anos caiu e levou uma patada do touro durante a montaria, afundando o osso da face. Ele foi socorrido na hora pela equipe de salvamento, e foi levado diretamente para o hospital para fazer um Raio-X do rosto.




Camila Yano

terça-feira, 2 de junho de 2009

Os feios também cantam...

Sabe aquela história de que "os feios também amam"??? Pois é, eles também cantam. Me surpreende o fato de as pessoas acharem só porque a outra a feia, ela não pode ter uma bela voz, saber cantar (ou amar, wathever). Porque todos se espantaram com a apresentação da Susan Boyle no Britain's Got Talent?? Só porque ela era feia??? Só porque ela é velha e se acha?? (Tanto que eu acredito que ela ficou em segundo lugar por isso, veja o vídeo da final AQUI). Qualquer um pode cantar bem. Tem até vários casos de "famosos" cachorros cantores no youtube.
Pois bem, estou aqui para defender a honra dos feios hoje. Não que eu seja feia, (graças a Deus não sou!) mas acho que eles também merecem o seu espaço. E não, eu também não me acho, rs.
Os feios tem talento sim!! E foi preciso um tombo e um tapa na cara desse povo pra aprender que isso era verdade. E eu achei foi poko... euheuheuhuehe
Um rostinho bonito não traz dom, talento e nem inteligência pra ninguém não (é só ver a nossa querida apresentadora Luciana Gimenez... não preciso falar mais nada né?). No máximo te traz um emprego bom, se você faz uso de outras partes do seu corpo que não seja o cérebro. Sim, aquelas que ficam lá embaixo mesmo, próximas as pernas. Porque o mundo e as pessoas ainda se vendem, mesmo sendo esta a profissão mais antiga do mundo.
Voltando ao assunto dos feios, quero que todos que estejam lendo também entendam uma coisa... A maioria da população mundial é FEIA!!! E não adianta discordar, porque é Feia sim!! Se fosse a maioria bela, bonita, esbelta, as modelos não estariam ganhando milhões por uma simples fotinha de capa de revista.
Mas, afinal, o que é ser FEIO??? Qual a definição dessa palavra?? De acordo com os dicionários...
"Feio
adjetivo.
1. De aspecto!aspeto desagradável.
2. Fig. Vergonhoso, torpe.
3. Que causa horror; que apavora.
4. Desonesto".


Resumindo, ser feio não é só ser o contrário e bonito. As pessoas podem ser feias e diversas formas. Uma pessoa com um belo rosto, e um belo corpo, que é invejosa, adora passar a perna nos outros, é corrupta, também é feia.
A feiura nada mais é do que uma junção de elementos que não se encaixam perfeitamente.
Portanto, não julguem os feios antecipadamente. Você também pode ser um deles.


Camila Yano

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Um doce sabor...

Quem é que não gosta de chocolate?? Todas as pessoas são amantes desse doce, criado pelos espanhóis há 524 anos atrás, através de mistura feita com a bebida amarga à base de cacau, de um dos povos indígenas daquela época.
O chocolate é um doce popularizado em todo o mundo, e eu decidi falar sobre ele hoje, pois até agora pouco estava degustando alguns pedaços de uma barra (no caso, o Alpino da Nestlé).
Algumas pessoas se perguntam... como pode o chocolate ser tão viciante? Os cientistas respondem... porque ele libera um aminoácido, o triptofano, que estimula a produção de serotonina. Esse hormônio está ligado ao prazer, à saciedade, e também à paixão.
E é por essas sensações que o chocolate traz, que muitas pessoas ficam gordas, obesas, na frente da televisão. Elas esquecem de amar de verdade, se sentem rejeitadas, e se entopem de chocolate.
Pô mew, bola pra frente que a fila anda!! Não precisa ficar enriquecendo nenhuma fábrica não!! A vida continua galera!!! Vamos nos tornar pessoas mais saudáveis!!
É, eu sei que eu tava comendo chocolate também, mas não uma barra inteira!! Foram apenas dois pedacinhos dela. Chocolate faz bem, mas em excesso ele faz é muito mal!
Portanto meus queridos... comam chocolate sim!! mas de preferência, aqueles com mais de 50% de cacau na composição, pois estes fazem bem à saúde. Evitem os chocolates brancos, pois estes são manteiga pura com açúcar, e só faz vc ficar cada vez mais roliço (a).
Aproveitem mais este post como uma dica ;D


e TCHURUM!!!


Camila Yano

terça-feira, 26 de maio de 2009

Deficiências de um governo (Parte I) - prova

Continuando a série de minhas matérias sobre as deficiências existentes no governo brasileiro, estou postando aqui um vídeo que foi ao ar semana passada no Jornal Nacional. Ele ajuda a provar tudo o que foi dito na minha matéria anteriormente. Vale a pena dar uma olhada, e ver os absurdos que acontecem por aqui.


video

Camila Yano

Deficiências de um governo (Parte I)

Vou explicar melhor pra vocês o que irá acontecer neste blog daqui pra frente... estou preparando uma série de reportagens (que terão meus comentários embaixo de cada uma delas), que irão retratar a realidade de um povo que depende do governo brasileiro. Cada matéria postada terá um tema diferente. A idéia surgiu a partir do meu querido professor Torquatinho (aquele que eu citei no primeiro post), que pediu para seus alunos maravilhosos criarem um blog, e que neste constasse uma matéria, feita a partir de uma entrevista com um educador, sobre educação e novas tecnologias.

Portanto, com todos os "pingos nos is" já colocados, e tudo muito bem explicadinho para vocês, começo agora a primeira matéria de uma longa série...



A Relação da Educação e das Novas Tecnologias no interior do Brasil


No século XI, todos sabem que a maior necessidade é se adaptar a esse mundo louco, corrido, cheio de microchips e expressões novas para coisas nunca antes criadas. Vivemos na era da tecnologia, e as pessoas que não conseguem se adaptar a essas novidades, ou estão mortas, ou ficam ultrapassadas e perdem o seu espaço.

Pelas pessoas terem noção dessa realidade, muitas escolas do governo brasileiro já implantaram computadores para uso dos alunos, e aula de informática nas escolas. Mas infelizmente isso não acontece em todo o país.

No interior de São Paulo, mais precisamente na cidade de Tupã, as escolas responsáveis pela Prefeitura Municipal não tem nenhum tipo de acesso à novas tecnologias. A professora Verena Moreira Raymundo, dá aula para a 3ª série do período matutino na escola municipal Odinir Magnani, e comenta essa falta de recursos. "A maioria dos meus alunos é da zona rural, e não tem esse tipo de acesso à tecnologias em casa. A escola deveria fornecer esse tipo de ferramenta para eles poderem acrescentar isso ao seu crescimento. Todos devem acompanhar a modernização".

Ainda de acordo com a educadora, a escola não tem nem espaço físico para abrigar uma sala de informática, por exemplo. "Somente a sala de recursos tem um único computador, e essa sala só é utilizada por alunos portadores de necessidades especiais". Verena comenta que na escola ainda existem outros computadores, mas que esses são de uso único e exclusivo dos professores, coordenadores e diretores da escola. "Busco textos e imagens na internet para planejar minhas aulas. Durante elas, apenas uso o rádio para passar alguma música aos alunos, e a televisão para mostrar algum filme ou documentário. Também temos (os professores) acesso à uma máquina de xerox. Não há nenhum projetor, ou datashow na escola".

A professora acha de extrema importância a escola fornecer o acesso às novas tecnologias aos alunos, acreditando que assim eles poderão conseguir futuramente um espaço no mercado, além de ser importante para o desenvolvimento da própria pessoa. "Quando não ficamos apenas no giz e na lousa, as crianças se interessam mais em aprender, a modernidade chama a atenção delas", relatou Verena.



(aqui acabou a matéria tah?? rs)




Bom, agora o meu comentário... vocês realmente acreditam que o povo brasileiro vai pra frente com bolsa escola e bolsa família?? Não adianta, tudo começa com investimento na educação. Sem educação, nada funciona. E como a educação vai funcionar sem acompanhar o ritmo do muno? Simplesmente, não vai!! Um dia acaba essa história de Fome Zero, e o que acontece? Vai tudo virar bandido, porque essas pessoas não tem instrução nenhuma!! Vão começar a roubar, a matar, a sequestrar, tudo por uns trocadinhos. As favelas vão continuar aumentando, e esse ciclo vicioso não vai acabar nunca!! É nisso que o governo tem que pensar. Tem que dar instrução, tem que dar oportunidade pra esse povo trabalhar. E não trocado fácil. É aquela velha história que existe faz séculos, e os governantes ainda não aprenderam. Têm que ensinar esse povo a pescar, e não dar o peixe já frito, cortado em cubinhos, embebido no shoyu direto na boca.


Camila Yano

sábado, 23 de maio de 2009

A Ressureição de Silvio...

Poxa vida, fiquei realmente decepcionada com o site OFuxico.com dessa vez... Hackers conseguiram invadir o sistema, e colocaram uma nota falando que Sílvio Santos havia morrido (leia o cache da notícia na íntegra AQUI). Minutos depois, ele já tava vivo. O que foi isso?? O cara ressuscitou mais rápido que Jesus Cristo??? Ele é muito foda mesmo!!!
Como assim esse povo dá esperança pra gente e depois tira??? Que tipo de maldade é essa??
=/
Não querendo "linchar" a pessoa dele... mas poxa vida meu... quem ainda aguenta assistir os programas daquele cara?? Só a minha vó, que não tem mais o que fazer!!! Isso deveria ser proibido na televisão brasileira...
Com uma coisa eu concordo... o Silvio é um dos caras mais inteligentes que já existiu. Só o grana que ele ganha com propaganda (a mais recente peripécia foi na camiseta do Corinthians, que tem os jogos transmitidos pela Globo, com as laterais da frente escrito BAÚ), a gente já tem que abaixar a cabeça pra ele.
Mas puta merda... ele tá ultrapassado já!!! Por que ele não some de novo da frente das câmeras, reforma o canal dele na TV (coisa que tá precisando mto!!) e continua ganhando o dinheirinho básico dele só com publicidade e venda de TeleSena?? Tá bom já neah!! Ninguém é obrigado a ficar aguentando múmia...
Daqui a pouco, o povo tá ressuscitando até a Dercy Gonçalves, fala sério... (ela era sim uma boa comediante, eu gostava dela, mas ela fez muita hora extra aqui!!)
Só pra finalizar, após a "ressuireição" do Sílvio, sai uma nota do MP revogando o alvará que permitia a Maisa a participar do programa dele (leia a notícia na íntegra AQUI). Agora ela só vai poder apresentar os desenhos no sábado e no domingo. Agora, acabou mesmo a audiência do programa dele (e o CQC perdeu uma das melhores situações do seu TOP FIVE).


Camila Yano

OBS final: eu sou SÃO-PAULINA viu!!!!!!
com mto orgulho, e mto amor!!!!

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Kits inúteis...

Ontem à noite, após chegar da faculdade, ocorreu uma coisa muitooo estranha... Um carro parou na frente da minha casa, jogou alguma coisa no meu quintal, e saiu embora acelerando... Não deu nem tempo de ver quem era o indivíduo.
Meu namorado, como "bom protetor" e muito prestativo, foi lá fora ver o que estava acontecendo, e trouxe pra dentro um KIT da Igreja Universal.
Agora, me respondam vocês... por que DIABOS eu vou querer um KIT DA IGREJA UNIVERSAL?? O que eu vou fazer com toda aquela porcaria????!!!
Fico em choque com esse tipo de atitudes que essas pessoas vêm tomando... eu tenho minha própria religião, não tô afim de dar 10% de um salário que eu não tenho pra eles.
Por que esse povo continua insistindo nesse tipo de coisa?? Isso me revolta!!!
Nada contra a igreja em sí, mas sim tenho TUDO contra esse tipo de atitude que eles tomam. Afinal, se eu quiser um KIT desses, eu vo lá e peço um... ninguém precisa ficar jogando um monte de papel na frente da minha casa.
Esse tipo de pessoa têm q enfiar na própria massa encefálica, que se alguém quiser ser como eles, a pessoa VAI PROCURAR ELES. Não adianta eles ficarem enchendo o saco de outros cidadãos. Porque realmente, isso enche MUITO o saco!!!!
Cada um com seu Deus, cada um com as suas crenças, "cada um no seu quadrado". E FODAM-SE quem não aceita que existe liberdade de escolha.
NEAH e ponto final.



Camila Yano

quinta-feira, 21 de maio de 2009

"Se fosse dado escolher viver sem a amizade ou não viver, preferiríamos não viver." (Aristóteles)

Comecei esta postagem tendo como título aquela frase de Aristóteles, pois nele vou falar sobre a Amizade.

Durante muitos anos, criei vários círculos diferentes de amizades, com todo o tipo de pessoa que se pode imaginar.

Mas a partir do momento em que a gente descobre, que mulheres podem ser amigas mesmo, tudo fica diferente. Não aquelas mulheres que sempre foram nossas amigas, que estiveram presentes em quase todos os anos de nossas vidas. Mas aquelas que surgem de repente, e conseguem conquistar o nosso afeto.

São pessoas com as quais trombamos na rua, e nem nos damos conta de que após um tempo, elas irão se tornar tão importantes em nossas vidas.

Cada uma com sua própria personalidade, sua história de vida, seu jeito único de ser.

São essas mulheres que fazem parte da minha vida.

E são pra elas esse post, agradecendo tudo o que já fizeram por mim, e o que eu sei o que ainda irão fazer.

Obrigada minhas amigas.

Amo vocês.

Pakitas 4EVER!!! ;D

;****





Camila Yano

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Mais do que uma vontade, uma necessidade

Há muitos anos atrás, quando surgiram os blogs, eu tinha um contando tudooo o que acontecia comigo durante a semana. Foi há tanto tempo, que nem me lembro mais o domínio que eu utilizava antigamente.

Bom, vocês devem estar se perguntado... Por que diabos criar um blog AGORA, neste EXATO MOMENTO?

Não, eu não tô mais afim de utilizar um blog como um diário da menininha de 15 anos frustrada, revoltada e com o cabelo cor-de-rosa.

Mais que uma vontade, criar esse novo blog se tornou uma necessidade para mim. Por quê? Porque o meu querido e amado professor de Comunicação e Novas Tecnologias (acho que é esse o nome da matéria, rs), Ricardo Torquato, o gordinho careca mais sexy (nem tô puxando o saco viu, rs) nos OBRIGOU a criar um blog...

Aliás, obrigou naum, que ninguém obriga ninguém a nada. Ele nos IMPLOROU (ficou mais legal agora neah?? rs) para criarmos um blog, para que dessa forma nosso querido professor possa nos dar a nota do bimestre. Afinal, ele é um dos únicos que ainda tem coragem de dar aula pra nossa turma, quase todos os outros já desistiram (só a Márcia que ainda tá firme).

Enfim, espero que gostem do conteúdo que a partir de agora será publicado neste domínio.

Relax and enjoy it.

=D


KiSSeS FoR aLL

Küsses

Kissus

Beijokas pra tds... rs



Camila Yano

estudante de Jornalismo da FAI (Fai merda nenhuma o dia intero, rs)

7º termo

último anooooo \o/


;****